Preparativos para a viagem de férias - parte I

Feitas as listas, lá vamos nós para a parte mais complicada, afinal não quero me estressar na semana que vem.
1º - ligar para a administradora do cartão de crédito e fazer pagamento antecipado do cartão (afinal quero poder gastar lá também, e com isso fico com o meu limite livre)
2º - pagar contas que vencem entre o dia de hoje e dia 11/09 (para depois não ter que pagar juros - ah! neste item vale programar no Bankline o pagamento para o dia do vencimento - o que não pode é esquecer de pagar)
3º - ir a farmácia comprar itens básicos como: acetona, protetor facial (em gel - temos pele oleosa), e remédios (afinal sou alérgica não posso ficar sem medicamento adequado á mão, nada pior que ter que parar em farmácia no meio do passeio e "ter", não quer dizer usar, não é mesmo?)
4º - pesquisar uma cor de esmalte que não fique amarelado na praia (comprar para ir com as unhas feitas - vou fazer na sexta feira) - você sabe me indicar algum????
5º - provar biquínis e shorts (engordei só dois biquínis ficaram aceitáveis - terei que ir as compras...uhu!! - minha amiga falou que compensa comprar lá... o que vc acha?)
6º - hoje marquei salão para cortar meu cabelo, como será praia e vários passeios prefiro estar com os cabelos curtinhos a lá Sandra Anemberg ( jornalista da globo - acho que é assim que escreve o nome dela)
7º - liguei marcando depilação para a sexta-feira.
8º - separei o protetor solar FPS 30 (somos pardos - e ficamos negros a qualquer solzinho- o que é maravilhoso...rsrs) (vou levar 4 tubos se faltar compro mais)
Será que falta alguma coisa??? confesso que nesta semana meus post serão para acompanhar a minha preparação para viagem, mais prometo que depois vou rechear de fotos de lugares bonitos, para não ter reclamação , e você não se preocupe pois irá viajar comigo através do blog, sempre que possível vou postar um "cadinho" para você. Afinal eu antes de viajar fico perguntando a todos que conheço e que já foram como é, o que levar e o que fazer de passeios. Assim quando eu colocar aqui você poderá usar como guia para a sua viajem. Dizem os entendidos que o melhor guia de viajem é o depoimento de pessoas conhecidas que já estiveram no local. E você me conhece, se eu sei eu vou contar, para que você aproveite!!!

Voltei.............

Então meu computador precisou ser reconfigurado, e cá estamos nós de volta, com a imaginação a mil.... afinal esta é a última semana antes da minha viagem de férias.......... Falando em férias ... Sempre sonhei em colocar uma mochila nas costas e viajar pelo mundo todo (aí eu engravidei......... mudança de planos) Agora estou aproveitando para conhecer o Brasil, afinal minha filha já está adolescente e nos acompanha sem maiores problemas aos mais diferentes passeios. Essas viagens começaram em 2006, quando as empresas aéreas iniciaram suas promoções.... (ou seja a culpa é da Gol que fez a primeira promoção com passagens de apenas R$ 25,00) Nossa primeira cidade foi o Rio de Janeiro (bem no período da promoção, estávamos os dois trabalhando e sem dívidas para saldar) Três passagens a R$ 25,00 = R$ 75,00 + taxas R$ 135,00 fizemos reserva no hotel do SESC em Copacabana, escolhemos esse por não conhecermos nada lá e estarmos com medo de derrepente chegar e não ser o que esperávamos........ (detalhe o Hotel pagamos com cartão de crédito VISA que nos dá pontos a cada compra, parcelamos em 6 X).....foi maravilhoso, conheci o Cristo Redentor e realmente concordo com a musica (....cidade maravilhosa, cheia de encantos mil....)! Segunda viagem foi a Foz do Iguaçu após ter pago o cartão de crédito teve outra promoção agora com passagens a R$ 50,00 não sei dizer quanto custou ao todo, pois fomos em 08 pessoas, também parcelado no cartão de crédito e acumulando pontos. Já em 2007 fomos conhecer Natal, e ficamos encantados com a forma de falar das pessoas o carinho com que fomos recebidos e o sabor maravilhoso da comida, detalhe o preço acessível de tudo (e o que foi possível pagamos com cartão de crédito - é que na região as pessoas ainda usam muito cheque - então ou pagávamos em dinheiro ou cartão). Em 2009 passamos o Natal em Salvador, outro lugar muito rico principalmente no que diz respeito a cultura, detalhe passagens ( compradas na promoção,  e hotel  pagos com o cartão), e agora neste ano de 2010 iremos em férias conhecer Fortaleza, usando os pontos acumulados no cartão de crédito. Estou me preparando tenho uma semana para:
- Fazermos depilação, 
- Comprar protetor solar e medicamentos primeiro socorro para levar 
- Arrumar as malas (já fiz uma lista de roupas necessárias: shorts, vestido, camisetas, biquíni)
- Montar o roteiro do passeio (para isso conto com amigos para indicar-me os melhores lugares para visitar)
- Levar nosso 4º elemento (a cachorrinha) para ficar na casa de uma amiga por 10 dias
- Limpar geladeira para não deixar nada se estragando.

Eu estou bem ansiosa, agor me conta, você conhece Fortaleza? Tem alguma dica para me dar? Algo que eu precise levar ou conhecer? O que você faz nas suas férias?

Desculpas...

Por motivos alheios a minha vontade, estou ausente no mundo cibernético. É gentem, meu computador está convalescente, peço que torçam pelo seu pronto reestabelecimento. É fato que antes, eu vivia muito bem sem ele, até descobrir o mundo dos blog's, aí foi como se um novo mundo se abrisse a minha frente (tá exagerei um pouco... mais quem está nessa sabe que é verdade) antes abria meus e-mail, lia, batia papo com alguém que estivesse on.... e depois as vezes ouvia alguma musica que gosto, e........... podia ir achar outra coisa para fazer.
Agora meus dias seguem de outra forma, leio e-mails, confiro contas e promoções, pesquiso livros e leio blog´s. É!!! Cerca de + ou - 3 anos que navego pelos universo mágico dos blog's, que descobri meio por acaso, como eu havia mudado de cidade, não conhecia ninguém e precisava fazer um trabalho artesanal, decidi pesquisar na Internet..........foi mágico, depois dessa primeira vez, nunca mais fui a mesma, todos os dias eu tirava nem que fosse apenas 20 minutinhos para entrar neste ou naquele blog. (E confesso não entendia o porquê de alguém montar um blog - até a minha segunda mudança de cidade)
Iriámos mudar de cidade e eu busquei dicas na Internet, pesquisa aqui, pesquisa acolá.....eu entendi, e decidi:
- vou criar o meu blog.
Lembrando sempre de um grande amigo, que certa vez falo-me que a gente só aprende de 2 maneira:
Pelo Amor ou pela Dor. No início não aceitei esta verdade, mais com o passar do tempo entendi que aprender com AMOR é quando aprendemos com o erro dos outros (copiamos as boas ações) e pela DOR quando ignoramos a experiência do outro para bater a cabeça por conta própria.
Essa é a finalidade do meu blog, que nós aprendamos pelo AMOR, afinal dor já tem aos montes neste mundo (é verdade que a dor ensina mais rápido - basta vc colocar o dedo na tomada e levar um choque que percebe que não deve fazê-lo). Por isso coloco minhas desculpas e meu desespero, por não conseguir navegar, para aprender com as pessoas que colocam suas experiências, que compartilham de seu aprendizado, e se for o nosso momento, nós aprendermos também. Torçam, torçam muito pelo reestabelecimento de meu computador pois sem ele estou tendo que aprender sozinha.
E você como começou? o que te motiva? sei que estou ainda engatinhando neste universo, mais sou persistente, um dia chego lá...uhu!!

Grande beijo

Sexta feira

O dia mais aguardado por aqueles que não tem filhos e trabalham de segunda a sexta.... é a data limítrofe, para o tão esperado descanso.... (acho que há um pequeno equivoco aí....) para alguns o sábado é dia de faxina... e aí não existe descanso, pois o domingo é dia de dor por todo o corpo...rsrs. Bem eu guardo o meu domingo... ou seja, domingo mesmo com chuva de canivete, eu descanso, faço tudo diferente da rotina semanal. Levanto a hora que a cama me expulsar, o café é cada um por si, saio caminhar com o marido e comprar o jornal. Almoço!!! vale qualquer um que não seja feito por mim...rsrs. Quando não tinha a minha filha eu até ficava ansiosa aguardando a sexta feira chegar, agora ela chega e vai embora e eu não consigo deixar de ser mãe em nenhum momento. (mentirinha ...tem um único momento em que nem me lembro dela.... mais esse é um assunto mais adulto e não convém comentar no blog...rsrs). Mais ainda aguardo pela sexta feira, só que com outros motivos agora, como o dia  em que nós três podemos ficar acordados até mais tarde. E no sábado e/ou domingo podemos passar mais tempo juntos. Conversamos, rimos e até brigamos... mais isso porque temos mais tempo para desfrutarmos da companhia um do outro. Será que sou a única que sendo mãe, também fica ansiosa esperando pela sexta feira?

Cardápio da quinta feira (para agradar a filha) ""PIROGUE""

Prato típico da culinária polonesa. Muito simples e fácil de fazer, vou colocar o PAP para quem se inspirar vamos lá:
batatas pequenas cozidas Eu usei 5 unidades

requeijão (se não tiver desse, colonial, pode usar o cremoso - fica até melhor) eu uso metade desse e metade do cremoso.

amasse a batatinha com o garfo e junte a ricota, sal e orégano a gosto, misture bem.

o recheio ficará assim

a massa usei 400gr de farinha de trigo, sal e um copo de agua quente, misture até ficar homogeneo. Abra a massa, coloque uma colher (sobremesa) de recheio e feche.

Ficarão neste formato de pastel. Reserve. Em uma panela grande leve agua para ferver.


Enquanto a agua ferve, prepare o molho, cebola picada, alho e tomate, refogue bem. (eu coloquei também umas folhinhas de manjericão.

coloque os pirogues para cozinhar (apenas 3 ou 4 cada vez) quando colocados na agua eles afundam e o ponto de retirar da agua é quando eles subirem (ficarem boiando). Aqui eles já cozidos, sem o molho pois gostamos de colocar o molho somente quando formos comer, é que  assim se sobrar a gente pode fritar ou aquece-los aí sim, com o molho.

Estão servidos???

Curiosidade, esse prato aprendi na minha infância, (uns 3 ou 4 anos atrás..kkkkk), com minha mãe  e fui fazer novamente, quando morei em um pensionato em Curitiba, uns anos depois. E como todo jovem, nós pegávamos os nossos ricos dinheirinhos (assim que recebíamos) e fazíamos a compra do mês, almoçávamos nos melhores restaurantes, comíamos do melhor, na primeira semana e depois comíamos o que tinha na despensa o resto do mês....rsrsrs Teve mês que tínhamos só pão com margarina.... no outro arroz e ovo...rsrs e num tínhamos exagerado na compra de batatas, por isso comemos batata dorê, batata sautè, pirogue....enfim todo dia tinha batata. Nesse período aprendi muito principalmente a ter equilibrio financeiro...rsrs. E que compras semanais são melhores que compras mensais O detalhe é que naquela época tinhamos muita pressa de viver cada dia como se fosse o último. E como eu sempre tive ótimas amigas, cujas mães imaginavam o que viviamos (digo imaginavam, porque elas sempre mandavam uma travessa com alguma comida, um pão ou um bolo caseiro) E nunca a gente reclamava! Só muito tempo depois é que fui contar a elas como era minha vida. A vida sempre é maravilhosa. Hoje sei que quem tem amigos tem a maior riqueza possivel. 
Hoje quando faço esse prato vale a pena pelo saudosismo e também pela carinha de satisfação de minha filha, chegou a ajoelhar (é sério aqui somos muito teatrais...kkkk) para agradecer aos céus por eu ter preparado um dos seus pratos preferidos, (e eu fiz o fundo musical ....aaaleluia! aleluia! aleluuuuia!). Durante o almoço perguntei:
- Será que não errei no sal??? acho que está um pouco salgado!!!
- Mãe não é muito salgado, está delicioso - um sonho!!!

Eu sei que esse carinho vale o trabalho, transforma a refeição numa suprema doação de amor e muito carinho.

O quarto elemento...

`
É dá muito trabalho ter um elemento a mais em nossa casa, ela já está a três anos conosco, veio ainda bebê...foi muito dificil e ainda o é. Ração, vacinas, vermifugos, roupas brinquedinhos e além disso agora descobrimos que se ela fica sozinha não come, fica estressadissima. Resultado, a cada vez que precisamos viajar temos que deixa-la com alguém que ela conheça e que dê carinho e atenção. Passa o dia todo, no quintal ou no jardim, mas para ir de um extremo a outro, como moro em sobrado geminado, a passagem é pela área de serviço, cozinha e sala de estar, então ela arranha a porta e senta para esperar alguém abrir a porta para ela, se ninguém for ela choraminga. E se estiver no jardim, não faz suas necessidades lá, faz somente no quintal em um espaço com brita, mas para fazer essa transição de um para o outro, ela fica em pé na janela da sala e dá um latido curtinho, basta abrir a porta que ela atravessa todo o sobrado correndo indo direto até as britas que elegeu como banheiro. Nunca gostei da responsabilidade de ter um cachorro, até que a minha sobrinha deu de presente para a minha filha, em um momento que estavamos morando numa nova cidade e ela ainda não tinha amigos, achei que seria uma boa companhia e agora a família inteira faz carinho e conversa, com o nosso "quarto elemento" que se chama Pérola. Ah! a foto acima quem conseguiu foi minha filha. E a casinha ela só usa no verão no inverno dorme na área de serviço cheia de cobertores.... vento ela não gosta nem um pouco, se fosse uma criança ela certamente seria diagnosticada como hiperativa....rsrs. Se estou em casa é o dia inteiro com as portas abertas ou levantando e abrindo a cada vez que ela chama...rsrs. O lado bom??? bem ela nos alerta todo e qualquer movimentação diferente que aconteça na rua. Tá as vezes enche.... chego a quase perder a paciência, mas basta ir até ela e falar que sabe o que está acontecendo que ela para de fazer barulho.... Será que sou a única que tem esse tipo de conversa???? É talvez, precise de tratamento psiquiatrico...rsrs. Se bem que se valer a máxima que diz: "De médico e de louco, todo mundo tem um pouco". Vou gastar a minha cota...rsrsrs

sorteio do ALÉM DA RUA

Gentem tem sorteio do livro lá no blog ALEM DA RUA....clica aqui e vai até lá participar....

Day Spa


Tá na verdade não será o dia inteiro, mais alguns momentos de hoje eu dediquei a minha pessoa, sempre que posso faço isso, normalmente é na sexta feira depois das 18h, sou uma daquelas pessoas que acredita que uma unha bem cuidada é o cartão de visitas, não precisa de esmalte, mais um bom corte, e lixa já operam milagres, como tenho dificuldades em conciliar minha agenda com a dos salões, reservo a eles apenas as tarefas que não consigo fazer sozinha (como pintar e cortar o cabelo, depilação e modelagem de minhas sobrancelhas) as vezes vou e fico lá fazendo as unhas mais isso é tão difícil, pois o fato de marcar hora ir até lá já demanda tempo livre, e em minhas horas livres gosto de ler, assistir um bom filme, ou fazer um artesanato. Sendo assim se durante meu dia aparece uma 1/2 hora livre lá vou eu, lixa e alicate em mãos e em apenas 30 minutos estou com as unhas feitas.
Isso aconteceu ontem no final da tarde, e hoje após fazer minha pedicure, pintei as das mãos com esmalte Rosa Penélope da Rsiqué, confira o resultado na  primeira foto.

Agora no inverno não dispenso o óleo corporal, logo após o banho e um creme hidratante antes de me vestir, tudo muito rápido e fácil. Afinal a gente merece um pouco de cuidado. Você não acha? Agora, com licença vou trabalhar. Beijos

IBGE – CENSO 2010

Nesta sexta feira dia 13, fui entrevistada pelo censo, na pessoa de um rapaz jovem e muito simpático. Embora as perguntas tenham apenas cunho informativo, uma me colocou a pensar além do propósito da entrevista.
- A senhora se considera branca, parda, amarela?? Ele falou
Eu ri....
- Sou 25%, meu pai era negro com índio e minha mãe Italiano e Portugues.
- Posso colocar que a Senhora é parda, então? ele perguntou
Novamente eu ri ... e falei que branca certamente não sou...
- E seu esposo?
- Ele é italiano com italiano – eu respondi
- Então posso colocar que ele é branco?
- claro!!! Concordei
-Sua filha posso por como parda também?
Sorri novamente concordando....
Então ele leu para que eu confirmasse... Seu marido branco, a senhora e sua filha estão como pardas, ok?
Concordei novamente....
Esse diálogo me levou a divagar:

......tenho boca e voz de negro (diga-se de passagem uma boca muito elogiada), tenho nariz de negro (que casa harmonicamente com o entorno) e sou provida de coxas grossas e bumbum avantajado, meus cabelos embora nas pontas sejam lisos, na realidade são de um pixaim as avessas, pois a raiz é crespa, os fios são finos e lisos. Nunca em minha vida considerei alguém por sua cor de pele, ou seu status social. Sempre achei que essa classificação era uma mística ou que dissesse respeito aos carinhas que trabalham em cartórios. Abomino quem discrimina qualquer ser humano seja qual for o motivo. E tive dificuldade em classificar-me pela cor de minha pele, pois no verão, embora use protetor solar FPS30, fico parda escura minha certidão de nascimento diz que sou branca (acho que foi uma gentileza do escrivão da época....rsrsrs) Meu pai nasceu pardo escuro, na carterinha de reservista era pardo médio e morreu aos 56 anos e em sua certidão de óbito é pardo claro (creio que se vivesse até hoje talvez estivesse branco e com os olhos azuis...rsrsrsrsrsrs) e olha que o escrivão do cartório conviveu com ele e, conhecia toda a família. Eu sei que sou brasileira, original, como a maioria da população deste país sou 25% e alguns são menos que isso. Mais somos BRASILEIROS, NÃO brasileiros. Temos direito e devemos fazer com que o mundo os conheçam. Quando ouço a expressão:

“coisa de preto” emendo, então é coisa boa e bonita, pois meu pai era negro e me fez maravilhosa! – já calei muita boca assim na esportiva... mais as vezes cansa, ninguém quer ser diferente, a constituição garante que somos iguais independente de cor, raça , religião, preferência sexual, time que torce, status social. Precisei aprender que o que as pessoas compram é a postura. Experimente entrar com postura de salto XV, calçando havainas, em uma loja, o atendimento é fantástico. Já o inverso também vale, entrar com postura de Chinelo de dedo, num salto XV, faz com que você seja maltratado... Ainda não descobri o porquê, mais se andarmos com postura de subserviencia as pessoas acham que podem nos enganar e maltratar. Parto do principio: Faço ao outro o que eu gostaria que ele fizesse a mim. E acredito profundamente que se todos fizessem o mesmo o mundo seria muito melhor. E você o que acha???

Sexta feira 13....do mês de Agosto

É para alguns um dia carregado de negatividade, para outros, carregado de sorte e energias positivas..... para mim, apenas um dia igual a outro qualquer... terei meus afazeres normais, é claro, exceto pelo fato que ontem planejei sem muita vontade mexer no meu quintal, (um espaço de terra vermelha batida que parece mais uma massa de modelar, com um pé de phisalis, pimentão vermelho desmerecido, sem nenhuma folha e uma pequena hortelã.....) pretendia cavar um buraco para fazer compostagem do meu lixo orgânico, e revirar a terra para iniciar os canteiros que pretendo para um futuro próximo....rsrs. E, adivinha??? Amanheceu caindo o maior pé d'agua.... (por isso acho que hoje é meu dia de sorte...rsrs.)

Eis o meu quintal, apresento-lhes a minha Phisalis, plantada no quintal e  já está produzindo aquelas frutinhas maravilhosas que postei outro dia...



Veja que encanto que é. Parece uma lanterninha japonesa. Fico encantada quando olho para ela....

Mais uma muda de Phisalis para plantar, antes quero fazer o canteiro bem certinho do jeito que ela gosta.... tereno arenoso... por isso terei que providenciar areia, composto e fazer uma mistura para somente depois da terra preparada eu plantá-la no quintal.

Esse coitadinho é meu pimentão vermelho, que por enquanto está verde, ele está todo sem folha pois sofreu muito com a mudança, (acho que foi muito stress para ele, eu também quando me estresso perco os cabelos, fico horrivel) E com ele não foi diferente, etão assim que chegamos já tratei de colocá-lo no solo para que se recuperasse. Tenho minhas duvidas se fiz o certo, pois o solo como vocês podem observar é bem vermelho.... e estava a muito tempo sem produzir nada (só uma tal lingua de vaca, um mato infame que se alastra feito praga... e tem raizes muito profundas e difíceis de retirar, mas arranquei-as e agora terei que ficar a cada pouco arrancando os que brotarem para que eu consiga no futuro plantar) Tá achando que eu sou uma pessoa rural!!!!! Engano o seu, odeio mexer na terra...acho que a natureza é muito VIVA... se eu encontro uma minhoca ou qualquer outro bicho saio correndo, entro em pânico, fico algum tempo sem me aproximar do local ((((acredito que viver junto a natureza é coisa de intelectual, criado em grandes metrópoles, quem foi criado em cidade pequena como eu, gosta de agito)))).... por isso mesmo parando a chuva não posso mexer na terra... pois na umidade normalmente tem muita natureza viva.... eu gosto de concreto...afinal concreto não se mexe, ou pelo menos não deveria...rsrs. Mais adoro ter jardim bonito e quintal bem montado, para isso existem pessoas que são treinadas e adoram o que fazem.... Acho que teremos de contratar um.....uhu!!! Depois será o mais simples apenas manter....Que acham é uma ótima ideia, não??? Tenham uma ótima sexta feira 13!!!!
Em tempo: -Eu sei que eu adoro acordar e poder levantar da cama, para meus afazeres, todos os dias, independente do nr. que os defina!Por isso vamos comemorar chegou a Sexta -feira!!!

Phisalis

Um dia uma amiga deu-me uma frutinha linda, falou-me que era comestível e gostosa... minha curiosidade foi maior que minha gula, eu a plantei. Mas só depois de alguns dias dirigi-me ao computador e comecei uma árdua pesquisa por um fruto cujo nome eu não sabia. Andando no mercado municipal em Curitiba, descobri o nome e o valor....caríssimo apenas um punhadinho pequeno da fruta. Munida do nome consegui concluir minha pesquisa, e para meu espanto aquela minúscula frutinha carregava em seu interior tantas propriedades que quase tive vontade de surtar (porque não esperei a fruta secar para fazer várias mudas....eu simplesmente enterrei em um vaso, e nem sei em qual...).....esperei, esperei..... até que um belo dia apareceram vários brotos em um mesmo vaso... pulei de alegria.... mais depois descobri que era tangerina (é que eu comia a fruta e colocava as sementes no vaso..rsrsrs) Mais um belo dia olhando no vaso onde estava o meu pimentão vermelho (que eu também enterrei as sementes de qualquer jeito...rsrs) percebi um matinho estranho e resolvi cuidar dele com carinho....

Estas já são da minha horta, que no momento é composta por um pé de phisalis, um de pimentão vermelho e hortelã...rsrs......

E agora que já sei qual é o sabor desta frutinha.... demorou 6 meses para dar a primeira colheita.... Vou contar a vocês um pouco do que descobri sobre ela:

Nome científico: Physalis angulata    Família: Solanaceae
Gênero: Physalis                              Espécie: Angulata
Sinônimos: Physalis capsicifolia, Physalis lanceifolia, Physalis ramosissima

Partes Utilizadas: Toda planta, folhas e raízes

A physalis é uma fruta bem interessante: considerada exótica, é encontrada no mercado a preços elevados, mas, apesar disso, no Norte e Nordeste do nosso país ela é comum nos quintais e chamada por nomes bem brasileiros: camapum, joá-de-capote, saco-de-bode, bucho-de-rã, bate-testa e mata-fome.


Essa variedade nativa é a Physalis angulata, da família das Solanáceas, a mesma do tomate, da batata, do pimentão e das pimentas. Originária da Amazônica e dos Andes, a physalis possui variedades cultivadas na América, Europa e Ásia.

Na Colômbia, é conhecida como uchuva e no Japão, como hosuki. É uma planta arbustiva, que pode chegar aos dois metros de altura. As frutas são delicadas, pequenas e redondas, com coloração que vai do amarelo ao alaranjado, envolvidas por uma folha fina e seca, em forma de balão. Com sabor doce, levemente ácido, a physalis é consumida ao natural e usada na preparação de doces, geléias, sorvetes, bombons e em molhos de saladas e carnes. É rica em vitaminas A, C, fósforo e ferro, além de alcalóides e flavonóides.

Seu lado medicinal não deixa a desejar: é conhecida por purificar o sangue, fortalecer o sistema imunológico, aliviar dores de garganta e ajudar a diminuir as taxas de colesterol. A população nativa da Amazônia utiliza os frutos, folhas e raízes no combate à diabetes, reumatismo, doenças da pele, bexiga, rins e fígado.

A planta tem sido estudada também por fornecer um poderoso instrumento para controlar o sistema de defesa do organismo, diminuindo a rejeição em transplantes e atacando alergias. Pesquisadores da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) da Bahia identificaram substâncias com esse potencial na Physalis angulata e já solicitaram patente sobre o uso delas. Testadas por enquanto em camundongos, espera-se que as fisalinas (chamadas de B, F e G) tenham um efeito tão bom quanto o das substâncias usadas hoje para controlar o sistema imune, mas com menos efeitos colaterais, quando forem usadas em pacientes humanos.

"Em geral, ela é usada na forma de chá ou infusão", diz Milena Soares, pesquisadora da Fiocruz. A erva cresce na América Latina e na África, e as moléculas que produz, as fisalinas, atraíram a atenção dos cientistas porque pertencem ao grupo dos corticosteróides, usados hoje para controlar o sistema imune. "Essas substâncias já tinham sido descritas, mas nós fomos os primeiros a estudar suas propriedades", conta Soares. O trabalho foi publicado na revista científica "European Journal of Pharmacology" (www.sciencedirect.com/science/). Se for comprovado que as substâncias causam menos efeitos colaterais, a pesquisadora diz que os pacientes com o sistema imune hiperativo seriam poupados de inchaços ou da diminuição da produção de células do sangue na medula óssea, causada pelos medicamentos utilizados hoje.

Se quizer saber mais vá até este site que tem várias informações, inclusive receitas....
Um grande Abraço

Livro da semana

" A arte de correr na chuva - Stein, Garth" - > é uma retrospectiva, contada por Enzo, um cachorro que mostra o seu ponto de vista ,da sua vida e daqueles que o cercam. O autor, um  fã declarado de Airton Sena neste livro presta ao piloto uma homenagem, e faz referencias a ele, ao Emerson, Nelson Piquet e Pelé. Eu o li muito rápido, só não postei antes por falta de tempo... mais aí está uma dica de leitura, se vc acha que não gosta, é por não ter lido o estilo apropriado.... tente você vai ver que vale a pena.... esse é  um estilo difente dos que costumo ler....afinal como mãe tenho tido uma fase muuuuiiito ecletica ......
Grande Abraço

CARTA PARA CISSA GUIMARÃES

CARTA PARA CISSA GUIMARÃES


Christiane Souza Yared*

Querida mãe,

O que dizer nesta hora tão difícil? O que ouvir quando todos e tudo ao redor parecem sair de um enorme pesadelo e o ruído das vozes que se seguem mal chegam aos ouvidos?

Quando o ar não é mais suficiente e a dor da separação nos leva a sala de parto novamente?

Os dias que se seguirão, parecerão noites e as noites, dias sem fins.

Para cada momento uma lembrança e a ferida que não cicatriza, parece ainda mais exposta e vulnerável com o passar do tempo, dizem que o tempo é o melhor remédio, creia amada ele é amargo demais.

Só há um lugar para onde ir, este refúgio que encontrei tenho tentado ensinar o caminho a outras mães, pois sei que o que nos foi tirado,nosso bem maior, o pequeno ser que embalamos, amamentamos, cuidamos e amamos, nada poderá trazê-los de volta, sei que se chorássemos todas as lágrimas e gritássemos todos os gritos de dor que estão contidos em nossas almas, mesmo assim não seriam suficientes para trazê-los.

No primeiro momento tentamos achar o culpado, o rapaz que dirigia estava em alta velocidade. Certamente foi ele, mas e Deus?

Onde estava Deus que não viu o meu lindo moço de cabelos fartos e sorriso encantador, que envolvia todos com suas histórias deixando no ar a sensação de ficar após ter ido?

Porque Deus não fez algo?

Querida mãe, a primeira lição que aprendi, foi entender que Deus me amou e sua misericórdia resgatou meu filho no momento de dor.

Se há um lugar perfeito, onde deixaríamos nossos filhos este é nos braços do Pai.

Deus não interfere. Nos deu um mundo para nele vivermos em harmonia e se existe um culpado, infelizmente somos nós!

Aceitamos todas as coisas e só nos importamos quando é o NOSSO filho.

Esta nação está ferida e ferida de morte, o sangue de inocentes está literalmente lavando o asfalto de nossas cidades.

Será necessário morrer um filho de cada família para que algo seja feito?

Nossos jovens estão sendo arrancados de seus lares e suas famílias estão dilaceradas com tamanha dor, o medo nos invade, pois os que nos restam ainda precisam viver neste país sem leis para assassinos de trânsito. Até quando???

Não terá apenas um deputado que se importe e leve ao congresso as mães que perderam seus filhos nesta guerra horrenda e injusta?

Faltará espaço em Brasília, será maior que qualquer congresso já realizado. Nós somos as mães que prepararam seus filhos para servir a nação!

Meu filho falava quatro línguas, tinha duas faculdades, não usava drogas, não era chegado a bebidas, sempre usou o cinto de segurança, foi morto por um jovem deputado que estava em alta velocidade, embriagado e com a carteira com mais de 130 pontos. Foi decapitado, estraçalhado, moído, não matou apenas meu filho e seu amigo, matou a mim também.

Ensina a criança no caminho em que deve andar e até ficar velho não se desviará dele.

Não podemos apenas chorar, temos que nos unir e de alguma forma mudar o país em que vivemos, para que os outros filhos, os que nos restam, possam ter a oportunidade de viver.

Meu refúgio é Deus, meu porto seguro, minha esperança de rever meu amado.

Se Deus salvasse o seu e não o meu então seria um Deus injusto!

Se precisamos mudar e algo precisa ser feito, então faremos para que outras mães, não venham a sofrer a amargura da separação tão precoce de

jovens que antes enchiam a casa de alegria, e agora enchem cemitérios.

Querida mãe, sei que parece impossível mudar um país, mas também sei que um país é feito de famílias que desejam o melhor para seus filhos.

Um pai sonha os sonhos de seu filho desde quando nasce e vive como se fossem seus.

Se é triste e inconsolável a dor da perda de um filho, muito maior será nossa dor se não fizermos nada e perdermos novamente, e creia eu sei do que falo.

‘Ninguém cometeu maior erro do que aquele que não fez nada só porque podia fazer muito pouco’

Se cada mãe, pai, família, cada cidadão fizer um pouco, teremos muito!

A justiça é para os vivos, os mortos não precisam dela!

E a nação ouvirá o nosso clamor.

Christiane Souza Yared*

Mãe do jovem morto pelo deputado de Guarapuava.


Essa carta está circulando pela Internet recebi por e-mail, e coloquei-me a pensar:
-Se existem leis de transito e existe um código penal, porque alguns não são punidos pelas suas escolhas? Escolhas estas que tolhem o livre arbítrio de outros. Parto de um principio básico. Se a pessoa para ter a carteira de habilitação (que para alguns parece mais um porte de arma) precisa fazer o teste escrito, que além de ser sobre as leis tem também algumas perguntas sobre conhecimento de mecânica a nível de usuário. Esse individuo, ao desrespeitar as lei, e interferir na vida de outra pessoa, ele é um criminoso. Precisamos no ater não só a pessoa que cometeu o ato de desrespeito a lei, mas também a sua família que tentou encobrir o que seu filho fez. Em ambos os casos, (família Yared e o do filho da Cissa) os pais protegeram os filhos. Será realmente essa uma proteção? O que é o correto posicionamento da família nesta hora? Eu acredito que o correto a fazer, seria deixar que esse individuo que ciente de suas limitações (no caso do Yared o deputado estava alcoolizado), e ainda assim teimou em pegar no volante de seu veículo, fosse punido pelo seu ato como qualquer cidadão comum o seria. E você, o que acredita? Teria coragem de deixar seu filho a mercê da Lei?

Saldo de 3 dias de chuva....

Quando não chove o tempo todo, tiro um pouco de meu tempo para minhas caminhadas diárias, mais vamos combinar que com frio e muita chuva, o bom mesmo é ficar em casa (essa semana não caminhei). Mas como eu não sei ficar totalmente sem fazer nada aproveitei e fiz umas patchcolagens em panos de prato, para deixa-los com um ar mais bonitinho. Como tinha poucas opções de retalhos (2 para ser exata) criei estes modelinhos que posto para mostrar que o ócio no inverno, pode ser criativo..rsrsrs
Agora vou precisar de mais alguns dias de chuva para terminá-los, pois ainda faltam as barinhas ou um bonito croche, para dar um acabamento melhor. Você não acha?...

Três dias de chuva renderam quatro panos feitos em frente a Televisão, com um cobertor nas pernas para manter-me quentinha....rsrs. E não precisei de muita habilidade, apenas uma agulha, linha, tecido, papel termocolante, dois botões que eu tinha guardado (daqueles que vem a mais em camisas e vc tira guarda para se algum dia cair vc conseguir repor - mais o tempo passa a camisa vai para doação e os botões extras ficam). A idéia em si, eu tive uma vez que estava navegando pelo blog Lia e suas Artes comprei o papel termocolante e guardei pois algum dia iria usar.... se você quizer acompanhar o PAP, vá até o blog ela explica direitinho, para isso basta você clicar AQUI.

Crise em uma escolha....

Sair linda na foto, ou ficar confortável sem sentir frio???? Óhhhh duvida cruel!! sim eu também igual a várias mulheres sofro, as vezes, com este dilema. Tenho um casamento para ir neste final de semana (tá não sou madrinha apenas convidada) mais o normal é: Mulheres de vestido (ah! como eu queria ser homem numa hora destas, para usar um bom terno...rsrs.). Mas, irei provar a roupa, amanhã se parar de chover, (o que hoje não parece ser possível de acontecer pois está chovendo desde a madruga initerruptamente, estamos com menos de 03ºC, o que quer dizer que meus pés é pernas estão gelados) e eu não tenho casaco de pele (sintética sou ecologicamente correta) para compor o Look, e Curitiba (onde acontecerá o casamento) a promessa para o final de semana é de frio, sem chuva, mais frio... cabelo já viu... não terá chapinha que aguente...kkkk vai ser até divertido olhar a mulherada de cabelo preso...rsrs. ou armado...kkkk O meu está curto, por isso já decidi, não vou prender...kkkk Vou com ele arripiado.....kkkkk (pois pode encher de spray e o diabo a quatro que basta uma garoa a coisa vira...kkkk) Quando "EU" fizer uma festa de casamento, colocarei no traje: Obrigatório, Jeans, tênis e camiseta....kkk certamente serei a única onde todos estarão a vontade...kkkk o custo será baixo para compor o visual e a família da noiva não ficará reparando na maneira que a família no noivo está vestida (e vice-versa) Vou remoer, mais não tanto, essa duvida cruel do que vestir, já que a opção de não ir está descartada, visto que amo muito a pessoa que está casando. E o que eu sei que importa é eu estar lá assistindo a tudo. E no futuro quando não estivermos perto ele lembrará que neste momento importante de sua vida nós estávamos juntos. O que eu estava vestindo não importa e sim a minha presença.(Tá fique calma(o) eu vou me vestir bem, não vou de Jeans para não ser o marco da festa como a única pessoa assim vestida). Mais a hipótese de vestido longo, está descartada (sou uma pessoa verticalmente desfavorecida). Se usar vestido será na altura dos joelhos. Mais calça social também vale, né? afinal quem tem que estar deslumbrante é a noiva....rsrs.(arranjei esta desculpa agora) rsrs.
E qual a crise você vive neste exato momento? Você está ouvindo seu coração ou está aí sofrendo com o que os outros vão pensar??? Quer acabar com a fome no mundo? e a tua fome de atenção e carinho, já resolveu? Quer a Paz mundial, mas não consegue resolver suas guerras e conflitos internos? Hoje resolvi dividir um conflito que para alguns será uma futilidade e para outros uma questão de vida ou morte. Mas para mim, é apenas mais uma decisão para ocupar de uma forma diferente um pequeno momento do dia, estou pensando nisto enquanto escrevo e vou pensar nisto quando estiver provando a roupa que alie conforto e beleza. Sem neuras antes, durante ou depois e respeito quem não consegue fazer disto apenas mais uma escolha. Pois para mim esta é mais uma escolha que terei que fazer, como tantas que faço todos os dias.

A lei do lixo...

Eu costumo lavar e separa as embalagens antes do descarte do material para a reciclagem e sempre me questionei porque os prefeitos não investem em cooperativas que façam a reciclagem ou a venda destes materiais. Agora quando ouvi sobre a nova lei que foi sancionada nesta segunda feira (dia 02/08) fiz alguns questionamentos que posto aqui para que outros questionem também.
...A nova lei, que entra em vigor a partir da publicação no Diário Oficial da União, determina que as prefeituras devem construir aterros sanitários adequados ambientalmente, onde só poderão ser depositados os resíduos sem qualquer possibilidade de reaproveitamento ou reciclagem. De acordo com a proposta, será proibido catar lixo, morar ou criar animais em aterros sanitários e também não será permitida a importação de qualquer tipo de lixo....
- Isso qualquer prefeito de carne e osso, já deveria impedir, se não o fazem estão ocupando a posição com que mérito? certamente não de um administrador público.

...A proposta prevê ainda o sistema de logística reversa. Por esse sistema, empresas responsáveis pela fabricação e comercialização de produtos recicláveis e reutilizáveis devem recolher esses materiais do mercado. A nova lei, no entanto, não prevê de que forma se dará essa logística. Isso ainda depende de regulamentação para ser colocado em prática.
-As empresas colocam em seu custo o valor da embalagem, preocupando-se apenas com o seu lucro, desta forma terá que saber também como fazer para eliminá-lo e com isto também poderá gerar mais empregos e programas que ensinem o consumidor a reutilizar ou reciclar..... será interesse dos mesmos. E nós teremos que nos comprometer em devolver a eles o que eles produziram para que seu produto chegue até nós. Mais como será feita essa logística ? que tipo de transporte? quanto de CO2 será produzido para isso?

...Gerar energia elétrica a partir de material proveniente de aterro sanitário em cidades com mais de 200 mil habitantes pode se tornar realidade
-Isso eu acho que deveria ser feito em cidades de todos os tamanhos, pois evita um custos desnecessário as mesmas.  Afinal nossa energia é finita. Nossos netos talvez não tenham as facilidades que temos pois o planeta estará infértil e sujo. O custo da agua será altíssimo..

Bem os comentário em preto eu retirei da Tribuna do norte texto na integra aqui lá você poderá se indignar como eu, ao pensar porque todos precisam de uma lei para dizer-lhes como deverá agir de forma a não prejudicar o planeta... Eu sei que faz anos que faço a minha parte... levo pilhas e lâmpadas para descarte em locais que divulgam que os recolhem, separo todo o que pode ser reutilizável ou reciclado, e em algumas casos eu mesma faço a reutilização. Sempre que posso converso com os catadores e entrego em mãos o que separei. Não deixo nas calçadas para evitar que com o vento ou chuva eles acabem rolando pelas ruas. Agora acredito mais em meu país mais ainda tenho receio quanto aos prefeitos que acham que plantar flores e fazer praças é para o que foram eleitos. As cidades precisam de saneamento básico, empregos, escolas, creches que abram as 07h e fechem as 19h, sem férias, pois os trabalhadores precisam ter onde deixar seus filhos em segurança, durante todo a sua jornada de trabalho (que normalmente é de 08h, sem recesso e com apenas um mês de férias por ano e nem sempre no mesmo mês)... postos de saúde com bons profissionais e com remédios. Pessoas que aproveitem o presente sem descuidar do futuro.

Agora é fato...

Hoje completei quarenta anos (isso 40), sou uma mulher de quarenta anos com curvas acentuadas que adora caminhar, falar, ler, conversar com pessoas inteligentes e tenho como meta ser cada dia mais feliz. Nasci em um meio muito estimulante intelectualmente, fui a adolescente revoltada que defendia a luta armada contra tudo e todos, tornei-me uma adulta que odeia injustiças e luta pelo que é certo. Acredito que para amar o outro preciso me amar. Sou 1/2 natureba, sem extremismos. Acho a natureza muito viva, admiro-a (de longe) Pretendo viver 150 anos ao lado das pessoas que amo. Quando morrer quero ser cremada e que minhas cinzas sejam jogas em cima de muito concreto. Sou apaixonada por grandes centros, adoro andar onde tem muita gente, sou feliz indo as lojas em véspera de natal. Acredito no "Espírito Natalino" em "Deus" e em "Milagres". Sei que o Cosmos trabalha a nosso favor. Sou Feliz por convicção. Adoro pular corda e amarelinha, gosto de carros, filmes de ação, comédia, drama e romance. Amo Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Kleiton e Kledir, Legião Urbana e Titãs. Olho no espelho e não encontro a pessoa que fez 40 mais a menina de 11 de 29 anos atrás... Mas agora é fato hoje tenho 40 anos bem vividos e aproveitados a minha maneira. Tudo bem talvez o espelho reflita algo que eu não queira ver, mais aí é só mudar a franja de lado, colocar uma blusa mais soltinha e um sapato diferente... pronto estou mais linda, ainda.... minha vida me foi dada para vive-la, não para lamentá-la. E você em que acredita???


Blog protegido

myfreecopyright.com registered & protected

Visualizações

Categorias